Mais Populares

19 de maio de 2018

Chrome passa a exibir sites sem HTTPS como não seguros em vermelho

O navegador mais popular atualmente na internet é o Google Chrome, e tem feito alterações significativas no modo de como um site é exibido na barra de URLs para melhorar a visibilidade dos sites para os usuários, mostrando se o mesmo é seguro mesmo ou não.

Em Julho de 2017, o Google fez alterações que fizeram sites sem https e com algum formulário na página exibisse a mensagem "Não seguro", e fizemos uma matéria sobre como ajustar o site e deixá-lo como seguro.

Mas agora o Google quer avançar em sua estratégia de tornar a Web mais segura, e irá exibir sites como estes agora com mensagens em vermelho, além de outras alterações significativas. Confira as novas alterações que acontecerão em breve.
18 de maio de 2018

Ganhe dinheiro ao reportar software pirata

Em pleno ano de 2018, ano em que o foco em segurança da informação torna-se o alvo crítico devido a graves incidentes que ocorreram no passado e que ainda ocorrem atualmente, como o caso do Banco Neon, investigado e punido pelo Banco Central, e agora com um novo caso do Banco Inter, onde o Ministério Público investiga o suposto caso de vazamento de dados de clientes em um arquivo com mais de 40 GB de dados, incluindo chaves criptográficas que permitem que qualquer um possa intervir com os valores das contas, além de senhas dos cartões, CVV, dentre outros dados, é óbvio que o recomendado agora é retirar todo dinheiro de pequenos bancos até segunda ordem para proteger seu patrimônio.

Agora, para tentar elevar o padrão de segurança, uma empresa lança uma proposta inusitada: denuncie softwares piratas em utilização por empresas e ganhe recompensas financeiras! Isto mesmo, você pode denunciar uma empresa que utiliza uma licença errada em algum equipamento, e pode ser remunerado pela sua denúncia.
6 de maio de 2018

Mensagem do WhatsApp "Aperte no esquilo", é perigoso?

Não sei se já recebeu alguma mensagem deste tipo recentemente no seu whatsapp provindo de algum grupo, mas de fato, a mensagem é totalmente segura, e vamos lhe provar o motivo disto.

A análise realizada pela mensagem utilizando o WhatsApp Web, que não é, ao menos, afetado pelo caso do travamento, analisamos o conteúdo puro da mensagem para analisar os bytes encodados dentro da mensagem

E você pode se surpreender com o que vamos revelar agora.

30 de abril de 2018

A primeira rede profissional baseada em Blockchain

A internet é cada dia mais cheia de curiosidades, e desde a invenção do Bitcoin, muitas coisas começaram a surgir no fim de distribuir e descentralizar informações não só financeiras, mas agora, rede profissional estilo "Linkedin" onde você terá suas informações seguras e validadas por uma rede de usuários.


Empresa responsável pela rede já investiu mais de 12 milhões de dólares, provindos de investidores que apoiam a ideia.

No site, o usuário faz o cadastro profissional, como um currículo, com informações que devem ser publicadas para todas as pessoas, e ficar segura para todos os usuários na rede, sempre disponíveis para que possa ser acessado por qualquer pessoa.
27 de janeiro de 2018

O fim da Intel - Por quê os processadores estão ficando mais lentos?


A Intel sofreu muito nos últimos dias com as falhas de segurança da informação recentes, e causou um grande alvoroço também que afetou a AMD, e outras empresas de tecnologias, abrindo brechas e softwares com correções que desligavam computadores, tornam-os mais lentos, entre outros.


A própria Intel falou para não instalar sua própria correção, devido a falhas de computadores que estavam travando com a correção, e a Microsoft lançou uma versão que fez o Windows parar de funcionar em processadores da AMD.

Um verdadeiro tumulto está acontecendo na área de processadores, e isto está acontecendo agora.
25 de janeiro de 2018

Algoritmo que visualiza imagens imaginadas de sua cabeça

Já pensou poder imaginar algo e poder gravar isto ou até publicar em alguma rede social? Fantástico não é? Isto está em breve de se tornar algo comum e usual.

Uma equipe de cientistas de um instituto de pesquisa de uma faculdade da Columbia, utilizando placas de vídeo da Nvidia e recursos de deep learning, conseguiram o impossível de ler imagens vistas ou imaginadas da cabeça para o mundo digital, mesmo que atualmente ainda sejam uma espécie de "rascunho".