Mais Populares

29 de novembro de 2010

Áreas de atuação na Informática

Quando falamos em informática, falamos atualmente em diversos segmentos de trabalhos, iniciando com o suporte ao usuário, suporte técnico, chegando aos níveis estratégicos de grandes corporações, que dependem de softwares de última geração para geração e controle de seus lucros. O que então você deseja fazer neste campo?

Se você está saindo agora da escola, e deseja entrar nesta área, vamos então para algumas dicas importantes para cada área existente em TI:

Livre-se de vírus com 2 passos importantes

Se você tem um computador com vírus por todo o canto, é porque você não cuidou corretamente, e clicou aonde não deveria ter clicado, agora, só reinstalando tudo, se não sabe realizar isto, chame um técnico para realizar isto.

Agora com o computador limpo, sem lentidão, rápido para acessar internet, rápido para assistir vídeos do youtube, e preferencialmente usando um sistema original (sabe lá a procedência destes softwares piratas) ou então uma distribuição Linux para quem não deseja investir em um sistema operacional proprietário (apesar que as dicas aqui são válidas para sistemas Windows, já que Linux as vulnerabilidades são extremamente menores).

Certificações em Informática

Antigamente, para entrar na área de TI, bastava ter um conhecimento técnico adquirido em um curso básico de informática, que também ensinava conhecimentos básicos de hardware, mas conforme o tempo foi passando, cada vez mais foi exigindo cada vez mais, principalmente devido à alta concorrência na área de TI, e a dificuldade de encontrar profissionais capacitados no mercado de trabalho pelos profissionais do grupo de gestão de pessoas (ou recursos humanos), que muitas das vezes, não tem conhecimentos técnicos da área para avaliar o conhecimento dos profissionais.

PC mais verde

Atualmente, os computadores são tão rápidos, que há momentos dos quais passamos mais tempo fazendo menos coisas, e derrepente não é necessário utilizar toda a energia que chega, potência de processamento, para como exemplo, navegar na internet, acessar e-mail e talvez até um vídeo do youtube.

É claro que, na maioria, quem tem um desktop, gosta de desempenho, mas se você realizar o inverso do overclock, o downclock ou reduzir a quantidade de energia que vai para o processador, é muito capaz que consiga realizar as mesmas tarefas cotidianas sem tanto esforço, e o melhor, economizando energia e calor. (E em notebooks, economizando bateria, tendo uma duração maior, mas normalmente as BIOS para notebook não possuem configurações de voltagem e clock do processador, justamente para não danificar o sistema, que é muito mais sensível que o desktop).