Mais Populares

26 de março de 2010

Software Original para quê?

Pessoas dizem que comprar software é coisa de louco, mas vou dizer mais sobre a minha opnião sobre software que não é original e as razões para não utilizar, e que pode até ser uma ameaça para seu computador, quando usado.

engenheiro.JPG 

norton2007.jpgprogramas-softwares-windows-vista-32-e-64-bits-final-pt-br.jpg


Depois de ter lido uma reportagem sobre o assunto, há alguns anos atrás em um site de informática, do qual era um técnico de informática conceituado, e que não recomendava nenhum dos seus clientes usar um computador com qualquer software não legalizado, apesar de perder muitos clientes, não o fazia.

Um software falso, pode-se dizer que foi adulterado por alguém que estuda a área de programação em engenharia reversa, ou seja, esta pessoa irá estudar os códigos binários, passando para assembler, e ligar pontos importantes em geração de serial e palavras "passe" para burlar os sistemas de ativação, em alguns casos substituíndo os códigos binários de verificação do código por outros códigos binários, fazendo que somente aquele programa funcione com "aquele" serial vindo com ele, e que nem o serial "original" funcione.

adobe-softwares-03july.jpg

São maneiras totalmente ilegais já que os softwares, assim como o Photoshop, que foi construído por um grupo de mais de 120 programadores em um Groupware (todos escrevendo o código ao mesmo tempo em uma única área de trabalho) além do grande esforço, possuem patentes e são vendidos por preços elevados.

Ningu%C3%A9m_Da_Nada_%C3%A0_Ninguem.JPG

Para quê um cracker iria trabalhar tão duro para burlar o sistema de serial e ativação de um programa "de graça"? Saiba, ninguém oferece nada de graça à ninguém, e, muito menos um cracker.

Os grandes casos de roubo de dinheiro em bancos de contas correntes de pessoas importantes, as vezes dar-se à por descuidos como estes, ao baixar e instalar programas ilegais, fazendo com que a sua segurança particular esteja comprometida.

Um programa pode conter vários programas dentro de um, assim como vírus, rastreadores, programas de acesso remoto, controle remoto, além de programas recolhedores de informações que supostamente acha valiosa e envia para algum destino (possivelmente o cracker que quebrou a senha de determinado produto).

Acessar sites de banco, é uma facilidade muito grande, já que pagar uma conta em um banco às 11:59h da noite, é impossível, e por Internet Banking isto é totalmente possível.

Além disto, há também os riscos que vem por e-mail e mensagens instantâneas, que infectam milhões de máquinas com sistema operacional Microsoft Windows, devido descuidos dos próprios usuários.

Anti-vírus em muito dos casos, não funcionam, principalmente os gratuitos, já que eles são atualizados pelos programadores "quando bem querem" isto se não forem os próprios autores dos vírus que circulam na internet, mas, a maioria dos vírus entram por falha do próprio usuário.

Não baixe arquivos do tipo ".com", ".scr" ou ".exe" em computadores com Windows, ou em Mac OS X, com extensões como ".sh", ".dmg", ".bash".

Há vírus que vieram dos Linux, chamados RootKit, que provém do usuário ROOT que tem acesso total e irrestrito ao sistema, fazendo manipulações ao sistema de forma que nem anti-vírus consegue removê-lo por manipular as API do sistema operacional por assim dizer.

Cuidado temos que ter não somente na Internet, mas também na banquinha de CD's de software na esquina, pois um cracker ou qualquer pessoa que oferece à você um software que tem um preço elevado à preço de "banana", deve ter coisa por detrás disto. O barato, acaba saindo caro.

O_BARATO_SAI_CARO.JPG

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e curta Tutorial TI no facebook!