Mais vistas na semana

Mais visitadas

25 de maio de 2020

Como usar um computador como um roteador em sua rede?

Por vezes, precisamos deixar que um computador na rede faça a ação de um roteador, seja para alguma ação específica, ou por testes. Acontece, que se você tem um computador com Windows 10, por exemplo, você não precisa ter um roteador para compartilhar sua internet com outros computadores devido a recursos integrados que existe desde o Windows XP: O Internet Connection Sharing (ICS) faz isto automático para você.




Ao usar o ICS, o firewall do windows precisa estar ativado e plenamente funcional, pois o ICS é parte integrante do mesmo core de aplicativos que cuidam do firewall.

Firewall nada mais é que a aplicação que permite ou bloqueia que dados trafeguem pelo seu computador, e, quando o mesmo torna-se um roteador de rede, ou "gateway de rede", todos os dados da rede trafegam através do seu computador para outros computadores.

A configuração padrão permite que o "roteador" do seu computador tenha automaticamente: DNS, DHCP, e ative o tráfego de pacotes através do seu computador, tendo em mente que você precisa ter no mínimo duas conexões de rede, ou seja, a "WAN" e a "LAN".

Qualquer interface de rede pode ser a "WAN", basta você escolher qual você deseja que seja "compartilhada".

Lembrando que esta configuração apesar dela existir em algumas versões para Windows Server, caso tenha algum aplicativo como o RAS instalado, estas opções podem não estar disponíveis, que o RAS é o sistema de roteamento de pacotes do Windows Server, e não podem rodar juntos com o ICS. O RAS não existe na versão Windows 10, 8, 7, XP, e etc, porque não é voltado para servidores.

No painel de controle, e em "Central de Rede e Compartilhamento".
Clique no adaptador de rede e clique em "propriedades".




Na guia "Compartilhamento", terá a opção de compartilhar sua conexão, no caso, a rede cabeada, com o adaptador de rede, neste exemplo chamado apenas de "Rede", que pode ser sua conexão de wi-fi, ou uma segunda placa de rede.

Automaticamente esta interface da "rede doméstica", ou seja, o adaptador que terão os usuários que irão se conectar, será configurado com o seguinte endereço IP:

IP: 192.168.137.1  ( /24 )
Máscara: 255.255.255.0

Então basta colocar esta segunda interface de rede conectada em um switch ou hub, e todos os outros computadores terão endereços IPs na faixa para ter o acesso a rede, e as informações de gateway e DNS, serão sempre 192.168.137.1.

Por padrão, o Windows já configura somente este endereço IP, mas caso você queira alterar, não há como realizar isto através das opções atuais, porque alterar o IP na interface, não irá alterar as configurações da tabela WAN geradas internamente pelo ICS, ou seja, ficando sem comunicação, mas há como realizar esta alteração no registro do Windows, para alterar tanto o firewall, assim como a configuração ao compartilhar a rede.

No registro em:
HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Services\SharedAccess\Parameters


Após a alteração, não esqueça de reiniciar o computador e tudo estará funcionando a partir do novo IP.

Não há no entanto, como alterar a máscara de rede, que continua travada para 255.255.255.0, ou seja, suporta no máximo 256 dispositivos, obviamente, o zero, é a identificação da rede e não pode ser usado, o primeiro é o gateway, e o último é o endereço de broadcast, deixando disponível apenas 253 dispositivos no máximo para ter o acesso, o que pode ser suficiente para por exemplo, uma empresa de pequeno porte, mesmo tendo equipamentos como impressoras, câmeras IP, entre outros.

Caso precise configurar algo mais preciso, considere o uso do Windows Server, e verifique a respeito da implantação do RAS para ter total controle dos escopos, serviços de DNS, DHCP e endereços que serão atribuídos a sua rede.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e curta Tutorial TI no facebook!