Mais Populares

20 de novembro de 2017

O que é tecnologia disruptiva?

Milhares de táxis pelas ruas, pessoas andando com suas carteiras com dinheiro dentro delas, e aquele cartão telefônico a venda na banca de jornais de esquina com 20 minutos de ligações ao lado dos jornais e revistas em destaque do dia.

Todas estas coisas, ainda estão próximas ou ainda são atualidade para muitas pessoas, mas a realidade é que tudo isto, já acabou, pois a tecnologia disruptiva, aquela que veio para quebrar o antigo padrão de vida das pessoas, chega para acabar com tudo o que nós sabemos, para saltar para um novo patamar.

As tecnologias disruptivas, rompem com o nosso universo, destróem zonas de conforto, e fazem somente os mais capacitados e prontos para a mudança, seguir dentro da linha da tendência. A tecnologia evolui, e com ela, nosso método de viver a vida, também é alterado dia após dia, cada vez com mais eficiência.

Antigamente, escrever uma carta mostrando uma ideia, era na máquina de escrever, e se errasse algum caractere, não tinha um backspace para corrigir o que digitou errado, e, nada de colocar corretivo se fosse enviar uma carta de apresentação para currículo em uma empresa ou para enviar para uma editora de imprensa local.

Era comum terem aulas de datilografia com centenas de pessoas em uma sala, gastando metros e metros de fitas em papéis e mais papéis, tudo porque a internet ainda não existia, e muita coisa era necessária ser enviada em papéis, documentos, memorandos, textos, trabalhos, isto em qualquer segmento da indústria.

Se fosse um padeiro, ou um jornalista, todos precisavam ter no mínimo caneta, papel, e talvez uma máquina de escrever para itens mais formais.

Atualmente tudo isto não passa de antiguidade, muitas empresas nem usam mais papéis e canetas, temos no lugar apenas computadores e mais computadores, que substituíram máquinas de escrever, calculadoras, cartas, entre outros.

O trabalho dos correios também mudaram, antes de envio de cartas, e hoje para envios de centenas de produtos comercializados pelo Ebay, Mercado Livre, Submarino, e etc.

O prazo também encurtou muito, ninguém mais espera 15 dias para receber uma encomenda, mesmo com as soluções de PAC demoradas que existem atualmente, sempre é preferível Sedex, para chegar o quanto antes, pois todos temos pressa.

Nossa forma de vida é sempre alterada com inovações tecnológicas que chegam, e resistir as mudanças como ocorrem com os táxis, é a mesma coisa que querer ter uma indústria de máquinas de escrever em funcionamento em São Paulo, bem no centro.

Não há como pensar em ter mais aquele estilo de vida de antes, e isto é o que a tecnologia disruptiva faz: rompe de tal forma, que não é mais possível voltar para aquela forma de vida que tínhamos antes. 

A nossa geração pode até resistir um pouco, mas a nova geração, jovens que estão crescendo e vendo toda esta bagunça de taxistas lutando contra tecnologias disruptivas (não falo só de Uber, mas me refiro na realidade a um contexto muito maior, não limitado apenas aos táxis), irão no futuro, lutar para que de fato, sejam parte do novo padrão de vida.

O modo ao qual vivemos atualmente, irá mudar com as tecnologias disruptivas que começam a surgir agora, em qualquer lugar do mundo, e estão prontas para mudar tudo o que você já sabe na sua vida, tudo para te fazer sair da zona de conforto.

Algumas das tecnologias disruptivas que irão mudar radicalmente o nosso futuro no século atual são:
- Moedas digitais. (Bitcoin, Litecoin, Etherum, Monero)
- Transporte urbano. (Carros e ônibus autômatos, Uber, compartilhamento de veículos)
- Comércio eletrônico de itens novos e usados. (Mercado Livre, OLX, ao ponto que vender pessoalmente será mais perigoso que vender online).
- Relacionamentos online. (Mais confiança entre pessoas encontrarem novas pessoas)
- Alimentação. (Mudanças alimentares auxiliadas por aplicativos e assistentes pessoais)
- Propagandas em sites. (Google AdSense, OutBrain, e semelhantes que rastreiam seu conteúdo pesquisado para exibir anúncios relacionados, o fim dos anúncios)
- Websites como atualmente conhecemos (páginas web, com título, páginas, navegação, textos e mais textos).
- Assistentes pessoais (como robôs, Siri, e futuros melhores do que vemos atualmente).
- E ouso dizer também: Toda mídia de copyright de conteúdos digitais, vídeos, com direitos autorais e conteúdos censurados de qualquer natureza, por mais que seja difícil passar por esta barreira, mas ela um dia irá cair, e dar lugar a conteúdos open-source, livres para modificação e redistribuição, em troca de minerar dados enquanto ouve-se músicas).

Com isto já temos uma enorme base de que o que iremos enfrentar, é muito maior do que nós atualmente já enfrentamos das mudanças atuais.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e curta Tutorial TI no facebook!