Mais Populares

24 de novembro de 2015

A grande falha de infraestrutura de TI


Atualmente vemos uma decadência da área de infraestrutura em muitas empresas, onde o foco principal é a redução de custos ao máximo, em pró de um retorno de investimento esmagador, não se importando com a qualidade da infraestrutura.

Por causa disto, vemos em vários lugares cenas com placas escrito "Sem sistema" por onde andamos. Profissionais desqualificados, sem conhecimentos básicos e elementares, estão espalhados por todos os lugares.

Saber conhecer bem uma estrutura de redes, é elementar para garantir a funcionalidade de um sistema, de manter o core business de uma empresa, manter seus lucros, e principalmente: mitigar os riscos relacionados com a segurança da informação.

Quem nunca foi recarregar seu bilhete único e sempre se deparou com inúmeros terminais fora do ar? Filas imensas para tentar carregar o bilhete e na sua vez, a máquina parou de funcionar?


Tudo isto poderia ser resolvido se houvesse um investimento melhor em infraestrutura. Até mesmo um modem 3G seria mais estável que muitas redes como estas, apesar de rede com fios ser fisicamente melhor que a sem fio; mas a falta de competência dos profissionais chega ser tão alarmante, que temos que depender de sub-tecnologias em detrito a falta de conhecimento dos profissionais.

Rede wi-fi custa mais que rede cabeada. Mas tem pessoas que discordam disto pelo simples fato que basta colocar um roteador em um lugar e "pronto", todos os lugares terão conexão. Errado. Não é bem assim.

Qualquer tipo de rede tem seu custo baseado em seu planejamento, e qualquer projeto mal planejado, terá seu custo elevado no final das contas. Reduzir o custo para viver anos com latência de rede, falta de conectividade, indisponibilidade, causa prejuízos de performance, produtividade, entre outros que não são vistos a primeira instância.

Conectar cabos e deixá-los presos graças apenas a gravidade que o mantém no lugar, projetar uma rede para funcionar através de outra rede e ao chegar e instalar um sistema não há ponto de rede, e ter que alterar na hora para um outro esquema de rede, são riscos e falhas de projeto que podem resultar em grandes prejuízos.

Afinal, se a empresa trabalha com sistemas, o comercial quer apenas vender com o menor custo possível para bater a concorrência, mas e a disponibilidade? E a segurança?

Não é crise que é o motivo para deixar tudo mais "barato", e correr o risco de ter um sistema indisponível por falha em infraestrutura.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e curta Tutorial TI no facebook!