Mais Populares

18 de março de 2015

Windows 10 grátis - Só que não!

Nem lançou o Windows 10 e a Microsoft já declarou: Terá atualização de graça no primeiro ano de divulgação para quem tiver Windows 7, 8 ou 8.1 mesmo PIRATA.

Isto mesmo que você entendeu, mesmo que você utilize um computador com a versão do Windows paralelo, será possível atualizar para a nova versão do Windows 10 original e manter todos os updates de segurança necessários.

A Microsoft por muitos anos lutou contra a pirataria de software inciando pelo Windows XP, com sua chave de ativação mas que logo vazou na rede chaves corporativas.


A mesma coisa ocorreu com o Windows Vista, Windows 7 e Windows 8 ( e  8.1 ) e cada passo que dão em direção de travar o windows, novos meios surgem para que a segurança criada pelo Windows seja quebrada.

Todos os profissionais de segurança da informação sabem muito bem que "quebrar" a ativação do Windows, é além de ser ilegal mediante a lei, não há mais indícios confiáveis na utilização daquele hardware computacional

Uma vez que um vírus do tipo rootkit pode ter se apropriado do equipamento, que nem mesmo uma formatação resolva - definitivamente a melhor coisa para se fazer é se desfazer do equipamento - por questões de segurança corporativas - ou prefere correr o risco?

A Microsoft sabe muito bem dos riscos de segurança que estão crescendo a cada dia, e quer levar todos os usuários para terem uma licença do Windows original de graça e saber dos seus benefícios de ter um Windows rápido e seguro, em detrito de um windows paralelo.

De cada 10 pessoas na China, apenas 1 pessoa tem Windows original, ou seja, é alarmante a quantidade de pessoas que utilizam software paralelo.

O mesmo cenário é diferente em empresas, a Microsoft falou que a promoção não é válida para empresas, e que todos devem adquirir o software pagando pelo mesmo. Todas as versões Windows Business não tem atualização gratuita para o novo Windows 10.

O responsável pelo novo Windows disse na palestra que o novo Windows 10 será a revolução do licenciamento do Windows em escala mundial e o primeiro passo para o definitivo fim da pirataria no mercado de usuários.

Só que não!

A novidade parece muito boa, mas quando a esmola é grande, a desconfiança aumenta. Querer ter todos os usuários "seguros" em troca de apenas vender aplicativos na plataforma, a ideia parece conturbada, mas quando pensamos como Facebook e Google, ter acesso a uma infinidade de dados de usuários de todo o mundo, é outro caso para se pensar.

Hoje a "invasão da privacidade" garante poder, e quem tem mais dados dos usuários, tem o controle de tudo nas mãos, tanto de marketing, benchmark, tendências, usabilidade, entre outros.

Um dos rumores para esta questão é que a versão de testes (beta) do Windows 10, possui comprovadamente um keylogger integrado, ou seja, a Microsoft com o seu "novo programa de teste do novo Windows", sabe de tudo que você digita em seu teclado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e curta Tutorial TI no facebook!