Mais Populares

26 de junho de 2018

Mercado Livre aumenta taxas de anúncios novamente, a partir de 2 de julho

Mercado Livre, site de e-commerce livre, onde qualquer pessoa física pode anunciar produtos, além de lojistas, aumenta novamente os preços dos anúncios aos vendedores, e todos irão pagar mais caro por isto, pois os preços dos anúncios mais altos, são refletidos em preços de produtos cada vez maiores.

A partir do dia 2 de Julho, todos os produtos anunciados com valores abaixo de R$ 120,00, terão um acréscimo de R$ 5, diferente da prática de porcentagem antes aplicada.


Com isto, adaptadores, conectores, e elementos que custam mais barato que isto, que geralmente custam R$ 3 ou R$ 4, serão R$ 5 reais mais caro, ou seja, R$ 8 e R$ 9.


Vemos que, apesar do grande avanço que o site teve ao avançar dos anos, iniciando com o famoso sistema de reputação, logo após a integração com os correios, Mercado Pago, e a mudança de paradigma de vendas de produtos na Internet, o site agora tem a missão óbvia de ganhar dinheiro e de lucrar com as vendas.

Porém, 11% de taxa de venda, já é considerado um absurdo de taxa, e com o acréscimo, produtos de baixo valor, serão obrigatoriamente removidos da loja virtual "livre", que saiu do seu propósito inicial de ser realmente um mercado livre e aberto para negociações.

Enquanto isto, o concorrente OLX, ainda é um fraco concorrente, sem opções de reputação, sem um meio para pagamento dos produtos, e sem integração com os correios, não chega a ser uma ameaça ao negócio do Mercado Livre.



Os anúncios são gratuitos, e são mais voltados a serem elementos de classificados, do que realmente um e-commerce de produtos.

Ao contrário do Mercado Livre, onde o comprador só pode entrar em contato depois de comprar, na OLX tem até chat para conversar com o vendedor, quando e como bem quiser, sem nenhum compromisso em comprar ou não.

É bem comum encontrar produtos na OLX de vendedores que dizem que fazem anúncio gratuito no Mercado Livre para que a pessoa possa confiar na compra online.

A OLX também não adota a política de porcentagem, e cobra um valor fixo pelo anúncio.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e curta Tutorial TI no facebook!